Por Que é Impossível Antecipar as Quedas do Mercado… E o Que Fazer Sobre Isso?

Por Que é Impossível Antecipar as Quedas do Mercado… E o Que Fazer Sobre Isso?

Muitos falam sobre uma possível nova crise internacional e o quanto isso pode prejudicar os seus investimentos.

Muitos falam na possibilidade de uma crise inclusive pior que a de 2008…

E se eu falasse que é totalmente possível ter ótimos retornos investindo mesmo sem antecipar essas crises?

A verdade é que é impossível prever esses movimentos.

A notícia acima é de 2013.

De 2013 para cá, a bolsa americana se valorizou nada menos que 109%.

Enquanto isso o dólar se valorizou 97%.

Ou seja, quem ignorou o conselho dos gurus de mercado e investiu na bolsa americana teve uma rentabilidade de:

  • +109% na valorização da bolsa americana
  • +97% na valorização do dólar contra o real

É possível a bolsa cair 22,6% em um único dia?

Outubro é um mês que da medo em muitos investidores nos Estados Unidos.

Eles inclusive tem um conceito chamado de “Efeito de Outubro” na literatura de investimentos deles. (Imagem Abaixo)

Basicamente, o “Efeito de Outubro” é algo psicológico em que os investidores acreditam que o mês de outubro normalmente é ruim para a bolsa de valores.

Quer saber a origem desses trauma com o mês de outubro por parte dos investidores americanos?

19 de outubro de 1997, também conhecido como Segunda-Feira negra (Black Monday).

Nesse dia, a bolsa caiu -22,6%. Sim, a bolsa caiu -22,6% em único dia.

No longo prazo, uma queda de -22,6% realmente importa?

Olhe o gráfico abaixo do Dow Jones (outro índice da Bolsa Americana) e veja se você consegue identificar a Black Monday.

No longo prazo, simplesmente não importou. Na imagem acima, você provavelmente só vai conseguir ver essa queda de -22,6% em 1997 com uma lupa de aumento.

Mesmo assim, os comentaristas de mercado continuam tentando prever novas crises e fazendo sugestões para você se proteger da próxima crise.

Algumas das sugestões:

  • Diminuir a parcela de ações de sua carteira de investimentos.
  • Vender todos seus investimentos e deixar o dinheiro em caixa.
  • Compra Bitcoin (Queda de -80% em 2018)

Como lidar com uma crise e com as previsões?

Alguns princípios:

  1. Ninguém pode prever as crises do mercado com qualquer nível útil de confiabilidade.
  2. No entanto, quando um dos avisos repetidos de uma crise der certo, os “gurus das previsões” vão ignorar o fato de que se você tivesse seguido o conselho deles, você teria perdido ganhos que até agora superariam suas perdas na crise. (Um bom exemplo disso é a notícia do começo do nosso texto de 2013, o investidor perderia um ganho de cerca de +200% em reais)
  3. Um Bull Market (mercado em alta) não acaba em uma “idade” determinada. Então ignore avisos como “Esse Bull Market já está acontecendo há muito tempo”. Bull Markets normalmente acabam por causa de algum evento específico (normalmente relacionado a taxa de juros), porém isso é tema para outro artigo.
  4. Um Bull Market normalmente consegue escalar vários muros de preocupações. Os eventos que você consegue ver facilmente e que todos estão preocupados raramente vão ser a causa de uma crise. Em 1996, os Estados Unidos estavam no auge de um Bull Market e Alan Greenspan (Presidente do Banco Central Americano) descreveu o mercado como irracionalmente exuberante. Após isso, veio a crise asiática em 1997 e o colapso do Long Term Capital Management em 1998, eventos que foram assustadores. Mas, ironicamente, esses eventos preocupantes fizeram o Banco Central Americano hesitar em aumentar as taxas de juros, criando uma nova alta no mercado que durou até 2000. Talvez a possível guerra comercial com a China possa ter efeito semelhante.
  5. Algum momento uma crise vai acontecer. Podemos até estar no início de uma. O mercado é cíclico, não tem como evitar isso. A melhor coisa que você pode fazer é ignorar, simplesmente porque é impossível prever uma crise e também não é possível se posicionar antes para evitá-la sem renunciar aos ganhos até a crise de fato ocorrer. Para isso, você precisa ter uma grande estabilidade e disciplina emocional para conseguir seguir o plano quando uma crise de fato acontecer.

Investir ou não investir?

Imagine que você recebe uma proposta para investir na bolsa de valores, mas está preocupado pois não sabe se é ou não um bom momento para se investir.

Você decide então olhar o gráfico da bolsa de valores para ajudar a tomar uma decisão.

Vamos usar como exemplo o gráfico abaixo do S&P (bolsa americana):

O gráfico lembra muito uma montanha russa que parece ter acabado se ultrapassar o seu pico máximo.

Certamente, você seria estúpido se investisse agora… melhor esperar até que o mercado tenha uma queda, certo?

Você deve ter notado que não há datas no gráfico. Isso é porquê eu queria que você pensasse que fosse um gráfico da bolsa americana hoje.

Na verdade, esse gráfico mostra o período de 37 anos até 1965 – que foi o ano em que Warren Buffett assumiu o controle da Berkshire Hathaway.

Se você tivesse decidido não investir nessa empresa para esperar um momento “melhor” do mercado, você teria perdido um retorno anualizado de +20,9% desde 1965.

O gráfico abaixo mostra um pouco do desempenho de uma das melhores ações da história: Berkshire Hathaway.

Resultado de imagem para berkshire stocks since 1965

Onde estamos agora?

O gráfico abaixo é novamente do S&P e mostra a continuação do período de 1965 até 2018:

Parecido com o primeiro gráfico, né? E mesmo assim as pessoas tem dificuldade de querer investir.

Receba grátis nossos conteúdos exclusivos sobre investimentos

Junte-se a diversos investidores que já recebem informações valiosas sobre como investir melhor

Fique tranquilo, jamais divulgaremos seu email!

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *