Atinja sua Liberdade Financeira

Atinja sua Liberdade Financeira

Este artigo irá te mostrar o passo a passo de como atingir sua liberdade financeira.

Mas, primeiro, o que é liberdade financeira?

Liberdade financeira é ter o seu custo de vida pago pelos resultados dos seus investimentos.

Ricos não correm atrás de dinheiro. Correm atrás de liberdade! As pessoas de classe média vivem com os mesmos princípios: gastam tudo o que ganham durante o mês para manterem um padrão de vida mais elevado do que podem ter.

Você, e apenas você, pode mudar isso.

Se você é do tipo apressado e quer saber tudo rapidamente, o diagrama abaixo resume como atingir sua liberdade financeira.

Agora, vamos detalhar cada etapa neste importante processo.

Primeiro passo: não tenha dívidas*. Se você tiver, venda ativos ou gaste menos para quitar suas dívidas.

Segundo passo: tenha controle dos seus custos e receitas

Você precisa saber quanto ganha e quanto gasta por mês e por ano de forma a passar para o próximo passo. Existem diversas planilhas e aplicativos online que ajudam você a fazer isso.

Terceiro passo: planeje seu objetivo

Anote o que você deve fazer:

  • Calcular seu custo de vida anual (exemplo: R$ 48 mil reais por ano)
  • Estimar uma taxa de retorno anual para seus investimentos (note que essa estimativa é a que mais foge do nosso controle, depende muito mais de forcas do mercado do que decisões individuais. Desta forma, seja conservador. A melhor referência é o CDI ou taxa Selic https://www.bcb.gov.br/controleinflacao/historicotaxasjuros)

Quarto passo: calcule o patrimônio de sua liberdade financeira

Nesta etapa, você irá estimar qual o patrimônio deve possuir para que, com a sua taxa de retorno estimada, consiga cobrir os seus custos de vida. Para descobrir este número, simplesmente faça esta conta:

Patrimônio desejado = Custo de vida anual / taxa de retorno anual estimada

Exemplo:

  • Taxa de retorno 7% por ano
  • Custo de vida: R$ 48 mil reais por ano
  • Patrimônio desejado: R$ 685.714,00

Quinto passo: calcule quanto tempo irá demorar para atingir seu objetivo

Para esta etapa, vamos sugerir para você se familiarizar com a calculadora HP12c, muito utilizada no mercado financeiro, ou você pode fazer download de uma das nossas planilhas financeiras.

Para descobrir quanto tempo vai demorar para atingir o seu patrimônio objetivo, você deve:

  • Preste atenção nos botões circulados em vermelho, estes irão ser utilizados
  • Digite sua taxa de retorno anual estimada (exemplo: 7% você digita 7) e depois aperte no botão “i”
  • Digite o seu patrimônio atual, aperte no botão “chs” e depois aperte no botão “pv”
  • Digite quanto você irá conseguir aportar por ano no seu portfolio, aperte no botão “chs” e depois no botão “pmt”
  • Finalmente, digite o seu patrimônio desejado (calculado no quarto passo) e aperte no botão “fv”
  • Aperte no botão “n”. O resultado deve ser o número de anos que vai levar para você atingir o seu objetivo.

Se não ficou claro, você pode assistir o vídeo abaixo que mostra um exemplo de cálculo com as seguintes premissas:

  • Taxa de retorno 7%
  • Patrimônio inicial de R$ 50.000
  • Aporte de R$ 12.000 por ano
  • Patrimônio desejado de R$ 800.000
  • E resultado de 22 anos para conseguir atingir o objetivo

Sexto passo: reflexão

Então? Era o que você esperava? Algumas vezes pode parecer que vai demorar muito para atingir a nossa liberdade financeira…

Porém, não se esqueça que o tempo joga sempre a nosso favor… (leia nosso artigo sobre O Poder dos Juros Compostos)

Sempre é possível alterar algumas variáveis para tornar o sonho mais próximo da realidade. Você tem, teoricamente, três variáveis para alterar:

  • Custo de vida
  • Aporte anual
  • Taxa de retorno

Nos sugerimos fortemente que, se você for alterar alguma, altere as duas primeiras. Como já mencionamos anteriormente, estimar taxas de retorno de longo prazo é uma tarefa complicada dado que depende de muitas variáveis que fogem do nosso controle… desta forma, o ideal é mantê-la em linha com o CDI/Selic (o custo de oportunidade do dinheiro).

Sétimo passo: monitoramento e disciplina

Por incrível que pareça, este passo é o mais difícil de todos. É o momento em que você se compromete com o seu planejamento financeiro e irá segui-lo à risca. Infelizmente, é o passo onde a maioria das pessoas tem problemas: surgem imprevistos (o que é normal), o mercado muda causando pânico ou euforia (consequentemente alterando a forma de investir), o que parece fácil economizar no papel não é tão fácil na realidade, dentre outros motivos…

Conclusão

Este é o passo a passo para você atingir sua liberdade financeira. Qualquer um pode fazer, mas requer comprometimento e disciplina. Recomendamos você fazer nosso curso sobre como Investir no Tesouro Direto de forma a ter um olhar mais aprofundado em como escolher ativos de renda fixa. Deixe um comentário sobre suas dificuldades e dúvidas.

*aqui nos referimos a dívidas caras, normalmente de curto prazo (cheque especial, parcelar fatura de cartão de crédito). Dívidas de longo prazo com custo adequado podem ser consideradas, algumas vezes, exceções.

Receba grátis nossos conteúdos exclusivos sobre investimentos

Junte-se a diversos investidores que já recebem informações valiosas sobre como investir melhor

Fique tranquilo, jamais divulgaremos seu email!

Sobre o Autor

2 Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *