Aula 6: Impacto Dos Cupons Semestrais

COMO NÃO DEIXAR DINHEIRO NA MESA


Produzido por Escola do Investidor

Como é possível ver na imagem abaixo, existem diversas opções de títulos no Tesouro Direto para você investir.

Podemos dividir os tipos de Títulos em três grande grupos:

  • Prefixad​​​​os 
  • Pós-fixados 
  • IPCA + (ou híbridos)

No Tesouro Direto Academy (nosso Treinamento Completo sobre Renda Fixa), explicamos passo a passo a diferença entre cada um desses títulos e como cada um se comporta em diferentes cenários.

Por enquanto, você deve começar sabendo que cada um desses grandes grupos de Títulos possui um comportamento diferente dependendo do cenário econômico.


Ou seja, a rentabilidade desses Títulos irá depender de certas variáveis econômicas como taxa de juros, inflação, etc.


Mas não basta somente acertar na escolha de qual modalidade de Título investir.


Você pode até ter acertado a escolha de qual modalidade investir ao fazer uma análise correta das variáveis econômicas.


(Por exemplo, estar posicionado em um Prefixado ao invés de Pós-fixado em determinado momento)


Porém, é preciso também fazer gestão dos vencimentos que você está investindo.


É possível que um mesmo Título Prefixado com vencimentos diferentes tenha um movimento de preço diferente no mesmo dia.

Por exemplo, o preço de um Título Prefixado com vencimento curto pode subir e o preço de um Título Prefixado com vencimento longo pode cair no mesmo dia.


Mas isso é um assunto bastante avançado que tratamos no Treinamento Tesouro Direto Academy.


Além de decidir qual modalidade de Título investir e qual vencimento escolher, também é necessário tomar uma terceira decisão: cupons semestrais.


E é sobre isso que vamos falar agora.


Na imagem do início do artigo, é possível ver que tanto nos Títulos Prefixados quanto nos Títulos Indexados À Inflação, existem Títulos que pagam cupons semestrais.


Na prática, a diferença é que você esta recebendo parte do retorno do ativo antes do vencimento.


Isso tem duas implicações: diminuição da Duration (conceito mais avançado que também tratamos no Tesouro Direto Academy) e pagamento de Imposto de Renda (IR).


Vamos entender melhor agora sobre o impacto do pagamento de Imposto de Renda na sua rentabilidade.  


Quanto ao imposto de renda, é necessário fazer pagamento de IR cada vez que se recebe um cupom.

Enquanto isso, em um Título sem cupons semestrais, esse imposto pago estaria rendendo a juros compostos, aumentando a rentabilidade do Título.

Além disso, há uma incidência de um Imposto de Renda maior nos cupons recebidos com um prazo inferior a dois anos.

Por exemplo, o primeiro cupom semestral recebido terá incidência de uma alíquota de 22,5%.

Enquanto isso, caso o investidor carregue até o vencimento um Título Prefixado sem juros semestrais, ele irá pagar apenas 15% de imposto de renda se for um prazo superior a dois anos.

Ou seja, Títulos sem cupom tem uma rentabilidade maior do que títulos com cupom supondo o mesmo prazo de vencimento.

A conclusão é que, se você não tem uma necessidade de liquidez, você irá economizar Imposto de Renda e aumentar sua rentabilidade final ao optar por Títulos sem Cupons Semestrais.

Aprenda Os Segredos Para Investir no Tesouro Direto Com Ganhos Turbinados Hoje Mesmo

Quem deseja construir um patrimônio robusto tem a OBRIGAÇÃO de adotar as melhores estratégias, principalmente em Renda Fixa.

Fazer parte do Tesouro Direto Academy é a maneira mais prática e barata para aprender a ganhar dinheiro com Títulos Públicos.

Copyright © Escola do Investidor. Todos os direitos reservados